"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Sábado, 12 de Fevereiro de 2011
A moção de censura do BE

Sendo que o que dizem estes os dois comentadores vale o que vale, neste caso, vale para dizer que até dentro do BE há quem seja incapaz de perceber esta moção de censura sem recorrer à evidência:

 

Esta moção de censura tem vários objectivos, nenhum deles consequente, responsável ou objectivo. Mais propriamente, é mais uma brincadeira do BE no seu permanente jogo de polítiquices e eleitoralismos gratuitos que mais não servem do que para alimentar o seu enorme umbigo que apelidam de "nova esquerda" ou "esquerda moderna".

As explicações resumem-se a: "mediatismo nas tvs e jornais durante um mês", "dar um balão de oxigénio ao PS na manutenção do poder", "anular uma possível moção de censura do PCP posteriormente",  "pedir desculpas ao eleitorado de esquerda pelo apoio a Manuel alegre", "tentar fazer um ajuste de contas histórico com os comunistas". As palavras não são minhas mas sim de Daniel Oliveira.

 

E para que não continue a afirmar que a tão famosa convergência de esquerda, tão proclamada por esses gurus da esquerda moderna que integram o BE, é impossível devido ao sectarismo do PCP, aqui fica uma opinião vinda do próprio BE.

 

Referir ainda que, como é evidente, não se procuram convergências à esquerda, combatendo permanentemente o maior partido de esquerda em Portugal. E esse, é indicutivelmente o PCP.

Mas afinal, esse sempre foi grande papel que o BE assumiu: Combater o PCP por todos os meios possíveis. Este BE tem como divisa: "tentar dividir para (tentar) reinar". Enfim...

 

Aqui fica a prova disso pela boca de um Bloquista, Daniel Oliveira.

 



publicado por vermelho vivo às 14:48
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De A Chispa ! a 13 de Fevereiro de 2011 às 16:04
Caro Rogério
Quando o BE passou a incluir o P"SD" como um objectivo da sua Moção, quando deste precisava para derrubar o governo, provou que afinal a moção não era contra o governo,mas antes para o oxigenar.O mesmo se passará quando o PCP apresentar a sua.

Qualquer atitude a tomar em relação ao governo e à sua ofensiva capitalista contra os direitos dos trabalhadores, que se basei e limite ao quadro restrito da acção parlamentar,que FUJAÀ LUTA DE RUA, como se PRETENDE,para não FAZER MOSSA no sistema, mesmo que o governo caia, elas servem de facto a manutenção e a ofensiva politica anti-social e anti-laboral, seja com o P"S" sózinho,ou o P"SD", ou mesmo num quadro mais amplo e que inclua as três forças de direita, ou seja o P"S",P"SD" e C"D"S.


Para melhor compreensão desta opinião politica, visite e leia a totalidade deste comentário em "cravodeabril.blogspot.com"

Um abraço
A Chispa!
JMLuz
Ex-operário da Lisnave, actualmente reformado.


De vermelho vivo a 14 de Fevereiro de 2011 às 01:22
Caro JMLuz,

Parece-me que essa tentativa de lição ideológica foi colocada no sítio errado.

Talvez fosse mais aconselhável utilizá-la nos muitos blogs subscritores desta moção de censura.

De qualquer forma e como resposta, vou transcrever-lhe aqui alguns comentários que fiz sobre o assunto num blog vizinho, Bloquista, no próprio dia em que a moção foi anunciada:

"antes de mais, devo afirmar que não concordo com o timing desta moção. Considero que o BE demonstrou um grande oportunismo ao antecipar esta moção de censura para um timing errado. Mais uma vez, fica demonstrado que a postura do BE não é de convergência de esquerda, mas sim a tentativa ser notícia, de criar factos políticos que lhe proporcionem mediatismo e visibilidade. Se assim não fosse, procuraria concertar posições com o PCP para uma moção conjunta, dando expressão às lutas dos trabalhadores e do povo que inevitavelmente vão acontecer, e não teria esta postura isolada e de surpresa.

Depois, se essa moção não for uma componente da expressão das lutas sociais e laborais, perde parte da razão de ser. No entanto... já que está, está. Mas sinceramente, não acredito no apoio do PSD a esta moção, o que juntamente com o que escrevo acima, a pode tornar num acto isolado e inconsequente."

"... seria presunçoso da minha parte querer explicar-lhe porque é que a luta pela mudança necessária neste país (como noutro local qualquer, e o Egipto é a prova cabal disso) passa incontornavelmente pela luta de massas. Que essa luta de massas se desenvolve em várias frentes, entre elas a parlamentar, mas para que essa luta parlamentar seja consequente, tem que estar ligada, ou se quisermos, tem que ser uma extenção da luta protagonizada por essas massas.
Tenho a certeza de que se ler com mais atenção o meu comentário vai entender perfeitamente o que quero dizer e perceber porque não concordo com o timing desta moção de censura.

Já agora, deixe que lhe diga que me parece haver um claro recuo mas... do BE. Quando hoje vem afirmar que esta moção de censura também é contra o PSD. Isto leva-me a pensar que existe uma preocupação do BE em que o PSD possa votar favotavelmente esta moção e derrubar efectivamente o governo. Esta afirmação parece-me pretender desvincular o PSD de tal apoio.
E tal como digo no comentário anterior, sem ser, neste momento, uma componente da expressão das lutas sociais e laborais, sem pretender derrubar o governo, então qual o propósito desta moção de censura?"

Caro JMLuz, espero ter sido claro.

Cumprimentos



De A Chispa ! a 15 de Fevereiro de 2011 às 22:01
Caro Rogério

O que é preciso desmascarar é que tanto as "intenção" do PCP, como a Moção de Censura que o BE vai apresentar,são duas formas de se querer mostrar uma certa "radicalidade" parlamentar, quando em termos práticos se desmobiliza a luta social,contra as medidas anti-laborais e de austeridade (como aconteceu durante todo o periodo que decorreu entre 24 de Novembro, até 29 de Janeiro) facilitando-se ao governo a promulgação do PEC3/4 e inclusive a vitória a C.Silva.

Nas actuais circunstâncias,o importante é mobilizar-mos as massas para se resistir à actual ofensiva de recuperação capitalista,e aos poucos criarmos as condições para alterarmos a actual correlação de forças, que neste momento é bastante favorável às forças do capitalismo. Só neste caminho de acção e mobilização das massas trabalhadoras poderemos fazer estagnar esta ofensiva, e na medida que a correlação de forças nos vá favorecendo e a luta se radicalizar é que podemos fazer recuar o capital/governo e até derrotá-lo.

Fora deste quadro de mobilização e luta e não tendo em conta a actual correlação de forças e o quadro constitucional parlamentar, qualquer "intenção" ou apresentação de qualquer
Moção de Censura é apenas uma iniciativa OPORTUNISTA e DEMAGÒGICA (para "inglês ver) que servirá objectivamente o Governo/PS ou o P"SD" ou o conjunto dos partidos capitalistas, PS/PSD/CDS.

Penso ainda que a opinião que manifesta sobre a combinação da luta de massas com a moção de censura,a existir, só poderia ser numa fase muito avançada da luta e de abertura de uma crise revolucionária, onde esteja já projectado pela alteração da correlação de forças a favor do proletariado, o assalto à fortaleza capitalista.
De outra forma é substituir governo reaccionário, por outro reaccionário e sempre com maiores prejuízos para o proletariado e restantes camadas sociais trabalhadoras, não assalariadas.

Sobre a luta ideológica,eu só o chamei atenção para o meu comentário no "cravodeabril", no entanto é natural que entre comunistas haja pontos de divergência e como tal só a luta ideológica as pode sanar. Se tivesse havido muita luta ideológica e vigilância, possivelmente hoje não estavamos a lamentar as derrotas e traições que se praticaram ao socialismo na U.Soviética, na China e em outros países.


Um abraço
A Chispa!

Nota: Passe pela "A CHispa!" e leia o excelente comunicado da PAME e depois compare as suas posições revolucionárias, com o que se passa em Portugal.
Gostaria de saber a sua opinião.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo