"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Domingo, 11 de Setembro de 2011
O 11 de Setembro... de 1973

11 de Setembro de 1973. Esse fatídico dia que a memória jamais apagará.

Nesse dia, pela mão do maior e mais bem organizado grupo terrorista até hoje existente - a CIA, foi levado a cabo o sangrento golpe militar que derrubou o governo de Salvador allende, eleito democrática e livremente pelo povo chileno.

 

 

Nesse dia, pela mão do maior e mais bem organizado grupo terrorista até hoje existente - a CIA, foi derrubada de forma vil e sangrenta uma democracia e o sonho de um povo. Povo esse que foi amordaçado e reprimido durante mais de 20 anos pelo fantoche que os EUA colocaram no poder: o ditador sanguinário Augusto Pinochet.

 

 

Nesse dia e nos dias que se lhe seguiram, com o apoio e a conivência do maior e mais bem organizado grupo terrorista até hoje existente - a CIA, foram assassinadas cerca de 30.000 pessoas e foram torturadas mais de 100.000.

Não é facil apagar da história, os crimes monstruosos cometidos pelos EUA no mundo inteiro e com grande incidência na América Latina. Entre muitos outros, este - 11 de Setembro de 1973 - ficará para sempre na memória colectiva.

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Em 2002, 11 cineastas de países diferentes foram convidados a realizar uma curta-metragem de 11 minutos e 9 segundos refletindo a sua visão sobre os atentados de 11 de Setembro de 2001 contra as torres gémeas em Nova York.

 

 

Entre os convidados estava o realizador inglês Ken Loach, que contribuiu com esta estraordinária curta-metragem:

 

 

Também sobre o "11 de Setembro", escrevi aqui:

11 de Setembro, um dia trágico!



publicado por vermelho vivo às 01:19
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Aristides a 11 de Setembro de 2011 às 14:47
Já há muito que não comunicávamos. Um abraço, nesta data com tantos e diversos significados.


De POESIA-NO-POPULAR a 11 de Setembro de 2011 às 15:17
olá camarada Rogério!
Esparava encontrar-te na Festa, mas por incrível que pareça, é mais fácil encontrar agulha em palheiro, tal a dimenção da mesma.
Após as minhas novas funções começa agora a sobrar um pouco de tempo para voltar ao convívio revolucionário por nós escolhido.
Um grande abraço para ti e para a tua companheiro, e tambem para os teus dois herdeiros.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo