"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Domingo, 13 de Maio de 2012
Sempre a puta e bafienta censura...

Ontem decorreu no Porto uma grandiosa manifestação organizada pelo Partido Comunista Português, contra o Pacto de Agressão que tem conduzido o país para o afundamento e o empobrecimento, em que os trabalhadores e o povo estão a ser as grandes vítimas.

Eu sei que essa manifestação aconteceu, sei que foi enorme, sei que a sua grandiosidade espantou até alguns dos "espectadores" que se encontravam pelos passeios, pois estive lá e vi com os meus próprios olhos e ouvi alguns comentários. Entre esses comentários, dizia um dos "espectadores" no passeio da Rua de Sta. Catarina, para o amigo que estava ao lado: "já viste a força destes gajos? ainda vêm lá em cima...".

Pois foi. Foi uma grande demonstração de disponibilidade de milhares de portugueses para enfrentar e combater esse pacto de agressão, mas foi também uma grande demonstração de força e afirmação do Partido Comunista Português.

É isto que o poder dominante não aceita e tenta de todas as formas silenciar, já que não consegue aniquilar. Esta capacidade de luta, de mobilização, de combate, de organização e unidade. Unidade, sim. Porque não eram só comunistas que se encontravam na manifestação. Unidade, sim. Na defesa da produção nacional, da soberania, no combate aos mónopólios. Unidade, sim. Na procura de um caminho de ruptura com este modelo de sociedade injusto e desigual ao serviço dos grandes capitalistas e do eixo franco-alemão.

É claro que o actual poder dominante (formado por capitalistas sem escrúpulos, políticos mentirosos, corruptos, vendidos e outros personagens que mais se parecem com répteis devido à perda completa da espinha dorsal), combate com todos os meios e armas quem lhes faz frente. Por essa razão, os maiores grupos económicos adquiriram e possuem em sua mão quase todos os principais meios de comunicação social do país. Mesmo que isso acarrete (como acontece com o jornal Público, pelo menos) anos e anos de prejuizo. Para a sonae, isso é perfeitamente suportável desde que possa manipular a informação que chega ao cidadão comum.

 

E com esta ligeira introdução, somos chegamos ao essencial.

Quem olhar e ler os jornais, chamados de referência, deste Domingo, ficará a saber que há um recorde de promessas em Fátima, que Pinto da Costa casa a filha este mês, que é americano o dador de medula para o Gustavo, que a cegueira do presidente Bashar está a matar o seu povo (na versão do poder dominante, como é evidente) ou até que em Espanha, os espanhois manifestaram-se na Porta del Sol.

Aquilo que continuará sem saber (através destes jornais), é que no Porto se realizou uma enorme manifestação organizada pelo Partido Comunista Português, contra o estado em que o país está, contra aqueles que nos conduziram para aqui, contra aqueles que insistem em manter as políticas que nos condizirão para um desastre ainda maior. Uma manifestação que exigiu uma ruptura clara e objectiva com as políticas seguidas até agora.

 

É que a puta da censura que os órgãos de comunicação social exercem sobre tudo o que tiver ligação com o PCP ou a CGTP-IN, (que o mesmo é dizer: com aqueles que objectiva e organizadamente, através da luta de massas, combatem este capitalismo selvagem) não é menos nojenta, nem menos condenável que a puta da censura bafienta do lápis azul.

 

 



publicado por vermelho vivo às 17:14
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De geacieterietsch a 15 de Maio de 2012 às 23:01
É outra forma de censura tão perigosa como a do lápis azul ou mais ainda, porque é discriminatória dando grande cobertura a outras manifestações sem qualquer suporte que lhes permita concretizar as suas reivindicações.

Um beijo, amigos.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo