"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Segunda-feira, 17 de Junho de 2013
Fascismo. Cuidado eles andam por aí...

O cidadão português Carlos Costa, no dia 9 de Junho, durante as cerimónias de comemoração do Dia de Portugal (ou o dia da raça, na natureza ideológica de Cavaco), mandou Cavaco Silva trabalhar. Parece-me uma aspiração legitima. O pouco que tem para fazer como Presidente da República é cumprir e fazer cumprir a Constituição. Ora como sabemos, nada disto tem sido feito.

O cidadão Carlos Costa foi imediatamente preso e acusado de insultar Sua Excelência, o Sr. Presidente da República Portuguesa.

Foi levado a julgamento e condenado a pagar 1300 euros de multa.

 

O cidadão Carlos Costa nega as acusações. Admite sim ter mandado Cavaco Silva trabalhar quando o Presidente da República passou por ele, mas nega ter-lhe chamado “chulo”, “malandro” e “ladrão”.

 

Ora, as testemunhas que confirmam a acusação de insulto são duas pessoas de idoneidade inquestionável. Dois polícias à paisana!!! supostamente presentes nas ditas cerimónias.

 

Já é um avanço! Na ditadura anterior bastava a palavra de um só PIDE ou a de um "bufo" qualquer.

 

Mas... não ficamos por aqui.

 

Os criminosos da alta finança, da corrupção económica, do tráfico de influências... esses, são dificeis de apanhar, julgar, e depois... é muito dificil de conseguir provar os crimes. Talvez porque nunca têm nenhum polícia à paisana por perto, julgo eu... 

 

Quanto ao cidadão Carlos Costa, foi apresentado ao Juiz e condenado sumáriamente.

 

Entretanto, a Procuradoria-Geral da República requereu a declaração de nulidade insanável do julgamento sumário porque não é admissível no caso do crime de ofensa à honra do Presidente, o recurso a julgamentos sumários.

 

Tal como o governo não compreende para que serve a lei fundamental do país: a Constituição da República, e a considera um obstáculo aos seus intuitos, também há juizes que não comprendem que a democracia tem instrumentos e regras que não existem no modelo político em que se revêm.

 

Entretanto, o primeiro-ministro assumiu no parlamento que vai rever e tentar alterar a lei da greve...

 

Cuidado! Eles andam aí...

 

Fonte: http://www.publico.pt/sociedade/noticia/ministerio-publico-diz-que-julgamento-de-homem-que-insultou-cavaco-e-nulo-1597352



publicado por vermelho vivo às 08:05
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo