"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Segunda-feira, 27 de Abril de 2009
Os bois e os nomes

Esta foi-me enviada por mail e por aqui ficará publicada porque, como diz o meu amigo: "Isto tem tudo a ver."

 
Para os políticos burgueses as palavras, os programas eleitorais, os discursos, as entrevistas, as promessas públicas são outros tantos meios, não de dizer o que querem e o que propõem, mas de o ocultar cuidadosamente.
As razões são evidentes: se alguma vez lhes fugisse a boca para a verdade os seus eleitores reduzir-se-iam ao pequeno punhado de criaturas cujos interesses defendem.


Uma das palavras mais proferidas pelos trabalhadores ao longo dos últimos quatro anos é certamente a palavra mentiroso. É a altura de chamarmos a atenção para ela.

Porque uma questão que se deve colocar neste ano eleitoral é se o povo vai voltar a ter de a gritar nos próximos tempos. Se isso voltar a suceder é mau sinal.

Quer dizer que uma parte dos eleitores se deixou novamente enganar.

 

Num dos seus textos sobre a situação em França, Marx observa: «a questão não é se tal ou tal personagem traiu o povo. A questão é porque é que o povo aceitou ser traído por esse personagem».

 

Recrudescem os esforços por parte do PS/Sócrates para voltar a vender como lebre «anti-neoliberal» o desastroso gato neoliberal que durante quatro anos pôs no prato do povo português.

Ou para o PSD se apresentar como «alternativa».

Ou para outros se presumirem de «forças dirigentes da esquerda».

Ou para outros ainda ressurgirem da sua hibernação quadrienal com a finalidade de sempre, a de confundir alguns eleitores com a foice e martelo que usurpam.


Por isso, nenhum trabalhador que endereçou a palavra MENTIROSO se deveria esquecer não apenas de a quem a dirigiu, mas a que política e forma de agir a dirigiu.


Seria mais fácil se cada eleitor fosse capaz de identificar por detrás de cada palavra e de cada sigla as definições correctas.

 

Se onde alguns dizem «governabilidade» identificasse prepotência e arbitrariedade.

 

Se onde dizem «consciência social» identificasse exploração e sopa dos pobres.

 

Se onde dizem «europa» identificasse multinacionais e subalternização nacional.

 

Se onde vem PS, PSD, CDS/PP identificasse apenas PPD (ou seja, PARTIDOS da POLÍTICA de  DIREITA)

 

Se onde vem «governo actual» identificasse Comissão eleitoral do PS.

 

 

E já agora acrescento eu:

Tu que já chamaste tantas vezes mentirosos a estes governantes,

LEVA  O  TEU  DESCONTENTAMENTO  E  A  TUA  LUTA  ATÉ  AO  VOTO!



publicado por vermelho vivo às 13:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Domingo, 26 de Abril de 2009
Servindo os interesses da rosa...

O PS vimaranense apresentou ontem num almoço, os seus candidatos a presidentes de Junta.

Não vi ainda nenhuma notícia sobre o assunto mas suponho que neste lote de candidatos, lá estavam as famosas transferências conseguidas pelo clube da rosa.

Claro que estas transferências têm um sabor especial para o Sr. Presidente da Câmara e para o PS. No entanto deixam evidente uma outra realidade, esta, muito pouco dignificante para o poder local e a transparência política. Aliás, uma realidade escandalosamente degradante para a democracia.

Nesta terra onde nasceu Portugal, (e infelizmente não é só aqui) qualquer autarca que queira servir a sua população tem que servir primeiro os interesses partidários e estatísticos do partido da rosa. Tal como escrevi aqui, e aqui.

É lamentável mas é verdade!

Assim, suponho que os socialistas vimaranenses tenham exibido com a devida "pompa" estes valiosos e belíssimos troféus.

 

Espero sinceramente que o povo e as populações lesadas por estas manobras políticas saibam dar a resposta adequada a estes senhores (aos generais e súbditos) na hora em com o seu voto vão decidir quem manda nos seus destinos.

Espero que demonstrem claramente que em democracia, os seus interesses e anseios não podem estar dependentes de o candidato vencedor ser ou não da mesma cor política do poder vigente na Câmara.

Se o poder rosa não está à altura de exercer democraticamente o poder para as freguesias, não está à altura de exercer a presidência do Município.

 

Como não encontrei notícias desta apresentação, não sei também se foi ou não apresentado o independentíssimo candidato do "grupo por amor às Taipas" como pertencente ao clube rosa.

E não sei porque, este candidato, Ricardo Costa, afirma categóricamente no seu manifesto de candidatura que esta "não é uma candidatura de partidos".  Como tal, se a coerência for um dos atributos deste candidato, certamente ele não estava lá. Se entre o que diz e o que faz houver uma distância considerável, então Ricardo Costa também foi um dos súbditos do poder da rosa a ser apresentado.

Será que alguém me pode esclarecer?



publicado por vermelho vivo às 16:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 23 de Abril de 2009
Blog da candidatura da CDU - Guimarães

Foi apresentada na passada segunda-feira a candidatura da CDU aos órgãos municipais.

Entretanto, já está activo o Blog desta candidatura.

Clique na imagem:



publicado por vermelho vivo às 23:16
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 21 de Abril de 2009
Conspirações... ou talvez não (II)

continuação do texto anterior

 

Prosseguindo na tese conspirativa iniciada no post anterior, na esperança de que ela me conduzisse a uma conclusão sobre a identidade “não identificada” dos jovens do "amor às Taipas", interroguei-me:
E se ao invés da primeira hipótese, foram os “jovens” do PS a infiltrarem-se neste nobre “grupo de Amor às Taipas”?

Bem, neste caso considero que estaremos perante uma golpada de muito baixo nível por parte dos jovens partidários da Rosa.

Sim, porque não acho nada ético que os "Boys" do PS se mascarem de nobres paladinos do amor às Taipas e se infiltrem no meio de um grupo de jovens bem intencionados da nossa vila para dessa forma esconderem a sua familiariedade com o PS e o Sr. Presidente da Câmara.

Bem... Também seria uma finta de técnica apurada. Só que neste caso os driblados seriam os taipenses.

Por outro lado pensei:

Mas que diabo! O que levaria estes jovens políticos de grande futuro pela frente, quer político quer de carreira (sim. não estivessem eles na cor certa para tal) a enverdar por tal atitude?

É que sinceramente, não vejo grandes razões para estes jovens abençoados pelo poder da Rosa esconderem a paternidade política da sua candidatura.

Bem pelo contrário! Têm todos os motivos para se orgulharem da política levada a cabo pelos seus patronos.

Senão vejamos:

A política claramente descentralizadora praticada pelo poder Socialista instalado no Convento de Santa Clara no que respeita às Taipas, não é mais nem menos que a política claramente descentralizadora praticada para todas as outras freguesias.

Aliás, esta real política descentralizadora levou até um comentarista do Reflexodigital a escrever de forma esclarecedora: “...O Srº António de Olivera Magalhães, que tem feito um trabalho notável em Guimarães e também em Guimarães e não nos devemos esquecer do excelente trabalho realizado em Guimarães...”.
Mais esclarecedor que isto é dificil.

Assim, como pode depreender-se desta avaliação, que eu considero correcta, tem sido de isenção, igualdade e imparcialidade para com todas as freguesias do concelho a política praticada pelo PS vimaranense - bem... Talvez algumas sejam mais iguais que outras um pouquinho. Mas as excepções têm uma razão lógica e fundamentada para acontecerem. São uma consequência directa das tradicionais negociações com vista à mutação de cor de alguns presidentes de junta e os custos do respectivo tingimento cor-de-rosa. Compreensivelvente estas coisas têm o seu preço e obrigam a abrir um pouco mais a bolsa camarária. Mas claro que tudo isto é inquestionavelmente compreensivel à luz dos inequívocos e indesmentíveis interesses do concelho e das populações.

Pintar o mapa das freguesias do concelho em tons cor-de-rosa é do maior interesse das populações! Só não vê quem não quer! E fazer política de terra queimada em algumas freguesias estratégicas onde existam presidentes que se recusem a aderir à moda das mutações, é uma atitude da mais elementar justiça e fundamentada nos melhores principios e procedimentos democráticos! Além do mais, também estas atitudes são sempre no mais profundo, e único, interesse do concelho e destas populações, claro está!

Grande motivo de orgulho destes jovens socialistas das Taipas, devia ser também o grande e indesmentível contributo no combate ao desemprego prestado pela Câmara e pelo PS vimaranense.
Bem... Eu sei o que dizem as más linguas. Que estes inúmeros empregos e cargos só estão disponiveis para quem tenha queda para tratar muito bem de flores, nomeadamente rosas. Que com este contributo ao desemprego se garantem muitas dependências e lealdades. Que só tem tem acesso a estes postos de trabalho quem for portador de um certo cartão que dizem ser também cor-de-rosa, tal e coisa e vice versa... Enfim. O que estas más linguas querem dizer é que o poder rosa que manda em Guimarães é uma enorme panela com testos e tachos para todos os gostos. Mas claro que isto são apenas as más-linguas a falar. Cá para mim, cá para mim, é mais dor de cotovelo do que outra coisa qualquer. Vou lá acreditar numa coisa dessas... Aliás, ditos destes só podem mesmo ser oriundos de mentes perversas e corroídas de inveja. E depois, mesmo que tal fosse verdade, considero esse facto um pormenor totalmente irrelevante. Relevante, relevante, isso sim é a política de combate ao desemprego praticada pela Câmara e pelo PS vimaranense. E isso deve ser um grande motivo de orgulho para estes jovens da rosa.
Como tal...

Bem, o que eu quero dizer é que efectivamente não percebo! Ou melhor, definitivamente, não percebo!...
Estes jovens que deviam ter um orgulho imenso na paternidade política da sua candidatura, e até no seu partido instalado no governo da república, optam antes por se camuflarem de nobres paladinos do amor às Taipas e servem-se de um grupo de jovens apartidários e bem intencionados para tentarem chegar à Junta das Taipas.

E depois, na política como na vida, coerência é coerência!... Para o melhor e para o pior! Ou não é assim?
Se são candidatos do PS, deviam integrar uma candidatura do PS! Ou não é assim?

 

Resumindo: Há coisas que eu não entendo mesmo. Coisas que me deixam assim como que... Estupefacto!

Imaginem os leitores deste texto que fiquei com tantas dúvidas, tantas dúvidas... Ao ponto de já nem saber se vamos ter uma candidatura do PS com independentes ou uma lista de Independentes com “boys” do PS nas próximas eleições para a Junta das Taipas.

 

Como diria o “Gasparinho”: Ele há cada coisa!...



publicado por vermelho vivo às 19:22
link do post | comentar | favorito

Domingo, 19 de Abril de 2009
Porque hoje é Domingo

Porque hoje é Domingo e porque afinal, a última dos Xutos é o que está a dar...

 

Antes da continuação do post anterior, fica também por aqui a música de que tanto se fala.

Afinal, como me dizia hoje um amigo: "isto anda tudo ligado" 

 

 

Anda tudo do avesso

Nesta rua que atravesso

Dão milhões a quem os tem

Aos outros um passou-bem

Não consigo perceber

Quem é que nos quer tramar

Enganar Despedir

E ainda se ficam a rir

 

Eu quero acreditar

Que esta merda vai mudar

E espero vir a ter

Uma vida bem melhor

Mas se eu nada fizer

Isto nunca vai mudar

...



publicado por vermelho vivo às 01:52
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 17 de Abril de 2009
Conspirações... ou talvez não (I)

Não é habitual eu usar o humor para discorrer sobre atitudes políticas, mas sinceramente... Há coisas sobre o qual se torna completamente impossível uma abordagem pelo lado sério.

 

Como habitualmente, ou melhor, sempre que posso, vou estando atento ao que se faz, diz e escreve de e sobre as Taipas.

Assim, ontem enquanto cumpria esta rotina, incluí no roteiro de visitas o site “poramorastaipas”.

O que se me deparou neste site, inspirou-me a escrever esta “crónica” que não pretende agredir ou desdenhar de quem quer que seja. Apenas contar o estado de espirito que me envolveu perante o que os meus olhos viam e liam.

Assim, espero que aqueles que se derem ao trabalho de dispensar alguns minutos do seu tempo na leitura deste post, o façam com a boa disposição que me conduziu enquanto o escrevia.

 

Logo de entrada deparo com um título onde se lia: «Grupo “Por Amor às Taipas” - Visita USF Taipas»

Confesso que cheguei a pensar que me havia enganado no endereço do site.

Sim, enganado! Porque aquilo pareceu-me assim uma espécie de “Grupo Coral Amor ao Próximo...” Ou “Grupo de Bons Rapazes em Caminhada...” Sei lá... Qualquer coisa do género mas nunca o site que eu pretendia visualizar, ou seja: o site da candidatura do PS às eleições autárquicas nas Taipas.

Esfreguei bem os olhos... Olhei para o cabeçalho do site e lá estava efectivamente a foto de Ricardo Costa. Afinal não me havia enganado. Este era mesmo o site que eu pretendia visitar.

Ainda meio confuso, comecei então a ler o texto logo abaixo do referido título.

E não é que... volto a encontrar:
“...o Grupo Por Amor às Taipas iniciou mais uma fase do seu trabalho...”

Aqui fiquei definitivamente de boca aberta.

Mau!... Outra vez o “grupo”?...

Voltei a trás, recomecei a leitura e... Lá estava novamente:
“...o Grupo Por Amor às Taipas...”

O “grupo”?...

Mas isto é algum "grupo" de jovens independentes ou a candidatura de uma força política???

Bem, convém esclarecer que eu tinha interpretado “por amor às Taipas” como um slogan de candidatura de uma força política. Nunca, mas nunca mesmo, me passou pela cabeça que tal fosse o nome de um “grupo”.

Estranhei mais ainda porque minutos antes tinha passado os olhos por um artigo em Igreja Velha que falava de um grupo excursionista "Por amor às Taipas". Havia aqui qualquer coisa que não estava a bater certo.

Achei aconselhavel esclarecer-me melhor. Assim, antes de continuar a leitura do referido texto, cliquei no item “mensagem” para tentar enquadrar-me melhor com a verdadeira identidade deste “grupo”.

Qual quê! Se dúvidas tinha, com mais dúvidas fiquei ainda. Pois na mensagem pude ler:
“...Esta não é uma candidatura de interesses. Não é uma candidatura de partidos. É uma candidatura de pessoas, por amor às Taipas.”

Visionei então a página até ao fundo e foi aí, bem lá no fundo, que encontrei o simbolo inconfundível da mãozinha e a inseparável rosa junto das letras PS.

Bem... Andava eu à procura de uma verdadeira identidade do tal “grupo” e a verdade verdadinha é que quanto mais via menos entendia.

Foi então que fui assaltado por uma dúvida que entroncava, nem mais nem menos, que numa tese conspirativa como explicação para o que estava a ler e ver.

Eis a pergunta que de imediato me passou pela cabeça: Será que estes jovens pregadores do nobre amor às Taipas se terão infiltrado na candidatura do PS às Taipas, ou... será que foram os jovens do PS que se terão infiltrado neste nobre “grupo de Amor às Taipas”?

E dei comigo a ir mais longe ainda na tese conspirativa que me assaltara:

Se a primeira hipótese for a correcta...

Estes jovens conseguiram a proeza de dar um grande nó-cego ao Sr. Presidente da Câmara, António Magalhães. Este, pensa que é quem decide quem pode ou não ser candidato pelo PS nas freguesias. Com esta jogada de mestre, estes jovens independentes - que me parece nada terem a ver com o PS - conseguiram fintar o Sr. Presidente de tal forma que o homem ingénuamente até participou conjuntamente com o seu braço direito e homem forte do PS concelhio, Domingos Bragança, no jantar de apresentação de candidatura deste “grupo” à junta das Taipas.

E já mais recomposto da perplexidade inicial, pensei:

Ah valentes rapazes! A teia que eles foram capazes de urdir, movidos unicamente pelo seu sentimento de amor às Taipas!...
Valentes sim! Uma finta destas, não é para qualquer “rabanete”. Exige poder de drible e leitura de jogo.
Qual Cristiano Ronaldo, qual Leonel Messi?... Estes jovens taipenses sim! Eles é que são grandes mestres na técnica da finta.
E se nas Taipas existem jovens assim... Louve-se a capacidade!
Estou até em crer que também alguns taipenses (eu, por exemplo) foram driblados por tamanha finta...

E se o fizeram - COMO ASSIM PARECE SER - por puro interesse e amor às Taipas... então também merecem a minha simpatia. É verdade que não simpatizo lá muito com o método utilizado. É meio manhoso, e muito pouco ético. Mas pronto, são jovens e na rebeldia da juventude nem sempre se fazem as coisas como elas devem ser feitas. Mas nestas coisas aplica-se a velha tese: quem nunca foi jovem que atire a primeira pedra.

No entanto, pela causa que os move, afinal estes jovens até merecem a minha simpatia.


Mas...

E se a hipótese correcta for a segunda?...

E se ao invés disto, foram os “boys” do PS a infiltrarem-se neste nobre “grupo de Amor às Taipas”?

 

Continua no próximo post.



publicado por vermelho vivo às 23:49
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 14 de Abril de 2009
Soeiro Pereira Gomes

No Centésimo Aniversário do nascimento de Soeiro Pereira Gomes, este blog homenageia o escritor, o político, o cidadão, o resistente à ditadura salazarista e o defensor da causa dos explorados e oprimidos.

Nunca esquecendo que "Esteiros", para além de ser um dos mais extraordinários romances que li até hoje, foi o primeiro romance que li voluntariamente e um dos maiores contributos para o gosto pela leitura. Assim como que o percursor de todos os livros que li até agora.

Juntamente com o  "O Romance da Raposa" de Aquilino Ribeiro e "A Mãe" de Máximo Gorki, "Esteiros" terá sempre um significado e uma importância especiais para mim, como acredito terá também para milhares e milhares de pessoas que o leram.

 

Soeiro Pereira Gomes nasceu a 14 de Abril de 1909 em Baião. O seu percurso de vida e o enquadramento com a época pode ser visto nesta exposição:

 

 

     

 

    

 

     

 

Clique nas imagens para ver em tamanho maior.

 

Exposição produzida por:  PCP, no cinquentenário da morte do escritor.



publicado por vermelho vivo às 23:58
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 13 de Abril de 2009
O caneco é nosso!!!

Finalmente! Depois de três finais perdidas, o Vitória conquistou a Taça de Portugal em Voleibol.

Não foi um grande jogo de voleibol mas foi um jogo inesquecivel para os vitorianos que se deslocaram à Póvoa de Varzim.

O Vitória venceu merecidamente o Sp. Espinho por 3-2 e trouxe o caneco para Guimarães.

O habitual espectáculo dos melhores adeptos do mundo, ou seja os adeptos do Vitória que transformam cada jogo do Vitória, seja de futebol, voleibol ou "chincalhão", num espectáculo único.

 

Não sendo um jogo de extraordinária qualidade, até com bastantes erros para a qualidade das duas eqipas presentes, foi um jogo emotivo e muito disputado.

 

No final a festa foi nossa!

Depois do campeonato 2007/2008, a Taça de Portugal 2008/2009.

 

Parabéns campeões!



publicado por vermelho vivo às 17:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 11 de Abril de 2009
Justiça, exige-se!

 

O PCE e a Plataforma "Juicio a Aznar", formalizaram oficialmente no passado dia 31 de Março uma queixa-crime contra José María Aznar, e os então ministros de Defesa e Exteriores, Federico Trillo e Ana Palacio responsabilizando-os pela morte e devastação no Iraque e pelas consequências do apoio da Espanha à intervenção militar neste país, entre elas o atentado de 11 de Março que matou 192 pessoas.

 

 

"Era absolutamente necesario, esto es una querella que no debe prescribir, es la querella de los derechos humanos frente al crimen cometido en este caso con lesa humanidad del cual es responsable Aznar... Confió en que el Tribunal Supremo sabrá leer lo que ocurre en el mundo, sabrá mirar a los ojos al 80 por ciento de los ciudadanos españoles , que en aquel momento estaba contra la guerra por encima incluso de ideologías" declarou Francisco Frutos, Secretário-geral do PCE, aos jornalistas.

 

Mais informações em:

laRepública ; Juicio a Aznar

 

Para quando um movimento em Portugal que exija justiça e leve a tribunal o "mestre de cerimónias" José Manuel Durão Barroso, anfitrião da cimeira que decretou a agressão criminosa contra o Iraque e co-responsável pela morte e devastação ocorrida naquele país?

Fotos retiradas dos sites: laRepública e Juicio a Aznar



publicado por vermelho vivo às 12:20
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 10 de Abril de 2009
Gogol Bordello

Em fim-de-semana prolongado, os extraordinários sons dos excêntricos Gogol Bordello são sempre uma boa fonte de descontracção..



publicado por vermelho vivo às 18:05
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo