"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011
Evocação da REVOLUÇÃO DE OUTUBRO nas Taipas

 

Inscrições: 253415512 ou 911047390.



publicado por vermelho vivo às 20:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 7 de Novembro de 2011
94.º Aniversário da Revolução de Outubro

 

...Pela segunda vez na história, ergue-se um Estado em que o poder estás nas mãos das classes não exploradoras.

E surge, pela primeira vez na história, um Estado Socialista.

A Revolução de Outubro constitui um dos maiores acontecimentos históricos de toda a humanidade pois assinalou o advento de uma nova época com a experiência pioneira de construção de uma sociedade sem classes, livre de opressão e exploração.

 

 

Escrevi em 2007, na altura do 90.º Aniversário da Revolução de Outubro:

 

"...o capitalismo sustenta-se numa governação de fora para dentro, onde os grupos económicos e financeiros decidem as regras em que o governo político executa a sua governação, garantindo assim a sua milionária sustentabilidade, ao invés de ser o governo político a impor as regras e a pautar o seu exercício governativo segundo os interesses do povo e do país.

Este sistema e modelo político não tem outra consequência que não seja a de causar mais miséria no mundo e assegurar o aumento da riqueza e do bem estar de meia dúzia de previligiados, bem como, assegurar a protecção destes pelo próprio estado.

É perante esta realidade, que encontramos toda a actualidade na matriz que orientou e concretizou a Revolução de Outubro.

Ontem na Rússia Czarista, hoje em Portugal e na Europa capitalista, impera a necessidade de "derrubar" o modelo que pratica uma desigualdade abismal na distribuição da riqueza produzida, de "derrubar" um modelo que se sustenta através da injustiça social.

Ontem na Rússia Czarista, hoje em Portugal e na Europa capitalista, impera a necessidade de construir uma sociedade nova, mais solidária e humana, sustentada no direito a uma vida digna e de oportunidades iguais independentemente da condição social, étnica, racial, ou outra de cada um.

Em suma, hoje, como à 90 anos na Rússia, é preciso encontrar o caminho da ruptura com o modelo vigente e encetar o percurso  para a construção de uma sociedade justa, de direitos e obrigações iguais para todos, sem opressão nem exploração."

 

Quatro anos depois, esta opinião está mais certa e actual que nunca!

 

Acrescentando, que esse caminho só pode ser encontrado através da luta!

Através da luta dos trabalhadores, das populações, de todas as classes exploradas, oprimidas e marginalizadas pelo capitalismo. Ou seja: a grande maioria dos cidadãos.

Uma luta que é afinal, nem mais nem menos que A LUTA DE CLASSES.

Neste momento, a classe dominante é uma pequena minoria capitalista com as consequências e o retrocesso civilizacional que está à frente dos nossos olhos.

Como tal, só derrubando esta classe dominante minoritária é possível um mundo melhor para a classe maioritária.

Claro que é necessário que cada cidadão esteja consciente sobre qual é a classe a que pertence e perceba melhor o papel que lhe cabe nesta luta. Isto é um processo mais lento que o desejável, mas lá chegaremos. E quando lá chegarmos, vai terminar o retrocesso civilizacional imposto pelo capitalismo e "o mundo vai pular e avançar" novamente. Tal como "pulou e avançou" com a Revolução de Outubro de 1917.

 

 

Sobre o mesmo assunto escrevi vários textos, que podem ser encontrados aqui:

 

OUTUBRO VERMELHO

 

90.º ANIVERSÁRIO DA REVOLUÇÃO DE OUTUBRO

 

REVOLUÇÃO DE OUTUBRO

 

REVOLUÇÃO DE OUTUBRO

 

PRIMEIROS DECRETOS DA REVOLUÇÃO DE OUTUBRO

 

Ainda sobre a Revolução de Outubro, ver tudo AQUI



publicado por vermelho vivo às 00:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo