"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Quinta-feira, 29 de Novembro de 2012
XlX Congresso do Partido Comunista Português
 

Democracia e Socialismo, os valores de Abril no futuro de Portugal

30 de Novembro, 1 e 2 de Dezembro - Complexo M. dos Desportos «Cidade de Almada»


 

 


publicado por vermelho vivo às 00:25
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 28 de Novembro de 2012
Encontro do PCP com a CPMPME

Uma delegação do PCP, composta por Jerónimo de Sousa e Agostinho Lopes, membro do Comité Central e deputado à Assembleia da República, recebeu uma delegação da Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas, que transmitiu as preocupações de dezenas de milhares de pequenos empresários relativamente à aprovação da proposta de Orçamento do Estado.

 



publicado por vermelho vivo às 21:39
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 26 de Novembro de 2012
Contra o Orçamento 2013



publicado por vermelho vivo às 11:57
link do post | comentar | favorito

Domingo, 25 de Novembro de 2012
Porque hoje é Domingo...

 

IDIOTAS, PALHAÇOS E BANDIDOS...
 
Idiotas, palhaços e bandidos,

enfatuados, ocos, ignorantes,

do capital humildes servidores,

ante os trabalhadores majestosos,

melífluos, devotos, afectados,

hipócritas, sem escrúpulos, grosseiros,

no apetite à solta insaciáveis,

na total desvergonha sem remédio,

agiotas vorazes para os pobres,

para os ricos mãos rotas sem medida,

impávidos na asneira triunfal,

relapsos no logro e na mentira,

useiros e vezeiros na traição,

são os que nos governam e eu desprezo.
 
Armindo Rodrigues



publicado por vermelho vivo às 00:46
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 23 de Novembro de 2012
O menino que Gaspar não conhece

Supermercado do centro comercial das Amoreiras, fim da tarde de  terça-feira. Uma jovem mãe, acompanhada do filho com seis anos, está a pagar  algumas compras que fez: leite, manteiga, fiambre, detergentes e mais alguns  produtos.

Quando chega ao fim, a empregada da caixa revela: são 84 euros.  A mãe tem um sobressalto, olha para o dinheiro que traz na mão e diz: vou ter de  deixar algumas coisas. Só tenho 70 euros.

Começa a pôr de lado vários produtos e vai perguntando à  empregada da caixa se já chega. Não, ainda não. Ainda falta. Mais uma coisa.  Outra. Ainda é preciso mais? É. Então este pacote de bolachas também fica.

Aí o menino agarra na manga do casaco da mãe e fala: Mamã, as  bolachas não, as bolachas não. São as que eu levo para a escola. A mãe, meio  envergonhada até porque a fila por trás dela começava a engrossar, responde: tem  de ser, meu filho. E o menino de lágrima no canto do olho a insistir: mamã, as  bolachas não. As bolachas não.

O momento embaraçoso é quebrado pela senhora atrás da jovem  mãe. Quanto são as bolachas, pergunta à empregada da caixa. Ponha na minha  conta. O menino sorriu. Mas foi um sorriso muito envergonhado. A mãe agradeceu  ainda mais envergonhada. A pobreza de quem nunca pensou que um dia ia ser pobre  enche de vergonha e pudor os que a sofrem.

Tenho a certeza que o ministro Vítor Gaspar não conhece este  menino, o que seria obviamente muito improvável. Mas desconfio que o ministro  Vítor Gaspar não conhece nenhuns meninos que estejam a passar pela mesma  situação. Ou se conhece considera que esse é o preço a pagar pela famoso  ajustamento. É isso que é muito preocupante.

 

Nicolau Santos, in: expresso



publicado por vermelho vivo às 08:55
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 22 de Novembro de 2012
Orçamento do Estado 2013 para o distrito de Braga

...A ausência que qualquer medida de resposta ao grave problema do desemprego no Distrito – situação que vai piorar com a redução do poder de compra pelos cortes, nos rendimentos dos trabalhadores e reformados e no investimento público – a par da dotação insuficiente para responder às devidas prestações aos desempregados – evidencia a total insensibilidade política deste Governo e da maioria que o suporta...

 

Ler AQUI



publicado por vermelho vivo às 12:40
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012
Álvaro Cunhal - Um Exemplo para a Luta que Continua



publicado por vermelho vivo às 01:51
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 20 de Novembro de 2012
Álvaro Cunhal - Centenário

 

 

Álvaro Cunhal dedicou toda a sua vida ao ideal e projecto comunista, à causa da classe operária e dos trabalhadores, da solidariedade internacionalista, uma dedicação sem limites aos interesses do povo português, da soberania e independência de Portugal.

Intervindo com o seu Partido de sempre – o PCP – ao longo de mais de 74 anos de acção revolucionária, assumiu um papel ímpar na história portuguesa do Século XX, na resistência anti-fascista, pela liberdade e a democracia, nas transformações revolucionárias de Abril e em sua defesa, por uma sociedade livre da exploração e da opressão, a sociedade socialista.

Este trabalho que aqui se apresenta sobre Álvaro Cunhal, é tão só um breve contributo para conhecer o seu percurso e aprofundar o estudo sobre a sua obra teórica, ligando-a à prática, à realidade concreta e à luta que os comunistas portugueses continuam a travar.
 

 
CLICAR NA IMAGEM PARA ACEDER AO DOSSIER


publicado por vermelho vivo às 09:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012
Álvaro Cunhal - Centenário

 

"A alegria de viver e de lutar vem-nos da profunda convicção

de que é justa, empolgante e invencível a causa por que lutamos."

 

 

O PCP apresentou, no passado dia 10 de Novembro, os elementos centrais do programa das comemorações do centenário de Álvaro Cunhal, que decorrerá ao longo de todo o ano de 2013. Sessões, comícios, exposições, debates, congressos, edições, peças de teatro ou filmes são algumas das formas com que se assinalará a vida, pensamento e obra de Álvaro Cunhal.

Na sessão de apresentação do programa das comemorações, Jerónimo de Sousa garantiu que Álvaro Cunhal «permanecerá como um exemplo maior do combatente abnegado de um Partido cuja história se confunde com a história da luta do povo no último século» e que do «valioso e imenso legado que nos deixou está também o sonho que sabia ser possível transformar a vida: esse sonho milenário de uma sociedade liberta da exploração do homem por outro homem! Sonho que continua a alimentar as nossas vidas e a nossa luta

 

CLICAR NA IMAGEM PARA ACEDER AO PROGRAMA DAS COMEMORAÇÕES:

 



publicado por vermelho vivo às 10:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Domingo, 18 de Novembro de 2012
Porque hoje é Domingo...

Porque estamos no final de uma semana em que os trabalhadores deram uma forte resposta às pretensões feudalistas e às políticas de austeridade do governo e da troika.

Deram resposta através de uma das maiores greves gerais já realizada em Portugal.

Deram resposta através das maiores manifestações já realizadas em Portugal em dia de greve.

Foram muitos milhares em Lisboa, Porto, Coimbra, Évora, Braga, Guimarães... a afirmar a exigência de derrota do orçamento de estado de 2013 e a expressar uma clara rejeição do pacto de agressão e urgência na ruptura com a política de direita.

Foi um grande dia de luta que demonstrou acima de tudo que a luta vai continuar no futuro imediato, cada vez mais participada e, obviamente cada vez mais forte.

Claro que uns idotas embarcaram na encenação estratégica e política do ministro Macedo e provocaram aquele final de dia que permitiu centrar todas as atenções mediáticas na violência, na postura da polícia, etc. etc. tentando assim ofuscar a força politica e a grandeza da greve geral e das manifestações ocorridas ao longo do dia. No entanto isso não anula o essencial: Uma enorme greve geral e grandes manifestações de protesto em todo o país e uma grande disponibilidade dos trabalhadores para travar este rumo desastroso traçado pelo governo PSD/CDS-PP e a troika.

 

Razõe para que hoje, porque é Domingo, se dance com os SKA-P a Valsa do trabalhador.

 

Sim senhor! Sim senhor! Nós somos a revolução!

 

 

P. S.: Até a "múmia da república", a quem não se conhece uma linha de pensamento, acção ou proposta sabre a situação do país ou sobre caminhos para a saída da situação caótica em que nos encontramos, aproveitou para finalmente balbuciar qualquer coisa como: “O direito à greve dos trabalhadores está consagrado na nossa Constituição e deve ser respeitado. Mas apesar da greve, da minha parte não deixei de trabalhar" ou “Não vi as imagens porque estava a participar em actos oficiais com o Presidente da Colômbia mas pela informação que tenho, quero condenar veementemente a violência, os desacatos que foram provocados por um grupo de cidadãos, que devem fazer pensar os portugueses. Quero elogiar, quero louvar o profissionalismo como a polícia portuguesa desempenhou a função de garantir a ordem pública e combater a violência na nossa democracia”.

Enfim... ao seu melhor nível. Basta recordarmos a carga policial sobre os estudantes ou nos acontecimentos da Ponte 25 de Abril, quando era primeiro-ministro para perceber a sua satisfação. Para este bronco, a democracia exerce-se à bastonada. Sobre o país... a inação o silêncio são as sua iniciativas mais conhecidas.



publicado por vermelho vivo às 11:49
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo