"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Sexta-feira, 6 de Abril de 2007
Pra não dizer que não falei de flores

Uma belíssima canção que me acompanha à mais de 20 anos pela voz da Simone e uma excelente letra de Geraldo Vandré.
Aqui numa versão mais dentro da minha tendência musical, com um toque um pouco mais “duro” e menos melodioso, na interpretação de Zé Ramalho.

Caminhando e Cantando e seguindo a canção
Somos todos iguais braços dados ou não
Nas escolas, nas ruas, campos, construções
Caminhando e Cantando e seguindo a canção

Vem, vamos embora que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora não espera acontecer
Vem, vamos embora que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora não espera acontecer


Pelos campos a fome em grandes plantações
Pelas ruas marchando indecisos cordoes
Ainda fazem da flor seu mais forte refrão
E acreditam nas flores vencendo o canhão

Há soldados armados, amados ou não
Quase todos perdidos de armas na mão
Nos quarteis lhes ensinam uma antiga lição
De morrer pela pátria e viver sem razão

Nas escolas, nas ruas, campos, construções
Somos todos soldados armados ou não
Caminhando e cantando e seguindo a canção
Somos todos iguais braços dados ou não

Os amores na mente, as flores no chão
A certeza na frente, a historia na mão
Caminhando e cantando e seguindo a canção
Aprendendo e ensinando uma nova lição.

 

                            Geraldo Vandré



publicado por vermelho vivo às 12:03
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Anónimo a 10 de Abril de 2007 às 18:59
Esta composição foi apresentada num concurso de música popular brasileira e foi à finalissíma que se disputou no Maracanãzinho Na época, o Brasil vivia sob a bota cardada dos militares e, observando a letra, percebe-se a crítica ao regime, a mesagem de paz e de esperança, através da luta. Quem sabe faz a hora, diz a cantiga.
Para finalizar, digo que a vencedora do concurso foi a famosa "Banda", de Chico Buarque de Hollanda. O Povão do Maracanãzinho reagiu e há uma gravação ao vivo onde Vandré pede ao público compreensão para os juizes, cuja função é a de julgar enquanto a dele é de cantar. Rapidamente, a censura obrigou a cantiga da esperança e da luta ao silêncio, enquanto a banda passava ( e bem, porque tambem é uma grande obra do Chico).


De Charles Massami Kumahara a 15 de Julho de 2008 às 19:25
Acho que a música que ganhou foi Sabiá, não A banda. Não tenho certeza.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo