"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Terça-feira, 2 de Outubro de 2007
A luta continua!

 

Perante a continuada estagnação da economia e o agravamento da situação dos trabalhadores portugueses e europeus, apenas um caminho se perfila como solução para o estado miserável em que nos encontramos: a ruptura com as políticas seguidas até aqui pelo governo PS/Sócrates. A ruptura com o neoliberalismo que tem conduzido o país à situação em que se encontra.

 

Depois de 30 anos de sucessivos governos de direita, este governo que se dizia socialista e de esquerda, tem defraudado milhares de portugueses que nele votaram e nele confiaram e tem levado à prática a politica mais à direita que qualquer governo anterior fora capaz.

Passados dois anos e meio de (des)governo de PS/Sócrates, os resultados são por demais evidentes para serem encobertos:

 

O desemprego tem atingido as mais elevadas taxas dos últimos anos, situando-se agora em 8,3% (pelas estatísticas oficiais, a realidade é bem mais grave) mais 0,85% que há um ano atrás.

 

Mais precariedade no emprego, existindo neste momento cerca de um milhão de precários, o que faz de Portugal o país com maior percentagem de precários da UE.

 

A crescente desigualdade na distribuição de riqueza e acrescente exclusão social.
Significativos os seguintes dados:

Segundo o estudo do Eurostat, Portugal é o país da UE a 15 onde as disparidades na distribuição da riqueza mais têm aumentado na última década e, sofrendo um agravamento nos dois últimos anos do governo PS/Sócrates. Dos 27 países que hoje integram a União Europeia, Portugal é aquele que mais injustamente distribui a riqueza que obtém.

 

O permanente aumento das taxas de juro leva ao endividamento sufocante de milhares de famílias que na incapacidade do cumprimento das prestações mensais se vêem a braços com a hipoteca da habitação. A aumentar estas dificuldades, os portugueses estão neste momento confrontados com os mais altos preços, do gás, da energia ou dos combustíveis, no contexto europeu.

Tudo isto é inaceitável e acontece enquanto os bancos, que estão directamente envolvidos nestes créditos e são os principais beneficiados, anunciam trimestralmente o aumento dos seus chorudos lucros em comparação com os anos anteriores. Por exemplo: Os lucros dos cinco maiores grupos bancários somados aos da GALP, da SONAE, da PT e da EDP situaram-se, em 2006, nos 5,3 mil milhões de euros.

Quem tem pago com grandes dificuldades estes fabulosos lucros? O povo e os trabalhadores!

 

Mas a política neoliberal de favorecimento dos grandes grupos económicos praticada pelo PS/Sócrates, também tem causado estragos avultados no Serviço Nacional de Saúde, mais uma vez, com prejuizos evidentes para as classes mais desfavorecidas e mais deslocadas regionalmente. Por exemplo: com o encerramento desmedido das maternidades, assistimos hoje aos partos nas ambulâncias, nas auto-estradas, nos quarteis de bombeiros ou em outro qualquer local menos adequado para uma mãe dar à luz um ser humano.

Curioso, ou talvez não, o facto de que, nos locais onde vão encerrando serviços de saúde pública, os serviços de saúde privada preparam o terreno para se implantar.

 

A educação tem sido outra grande vítima deste (des)governo e tem sofrido os mais rudes golpes de que há memória após o 25 de Abril.

Através de grandes operações de propaganda e marketing, o governo tem tentado esconder o estado lastimoso em que colocou a educação. Só no ano lectivo anterior, este governo PS/Sócrates encerrou cerca de 2000 escolas. No entanto, não vemos melhores condições nas escolas que recebem os alunos vindos das escolas encerradas, não vemos a construção dos necessários polidesportivos, dos balneários, das bibliotecas... Não vemos a indispensável redução do número de alunos por turma, não vemos a colocação de auxiliares e funcionários necessários ao bom funcionamento das escolas... temos até o incompreensível dado que aponta para o aumento dos alunos e a redução dos professores a leccionar. É indiscutível e reconhecida por todos a insuficiencia de professores para o apoio aos alunos do ensino especial... Enfim, enquanto se distribui computadores em frente às câmaras da tv e aos fotógrafos da imprensa escrita, faz-se tábua rasa das melhorias essenciais para um ensino melhor e mais acessível a todos.

Também aqui o ensino privado sai a ganhar com o recurso cada vez mais inevitável dos jovens a estas instituições.

 

A incapacidade (e o pouco interesse) de eliminar as deficiências dos serviços públicos de atendimento ao cidadão. O governo PS/Sócrates tem feito dos funcionários públicos o seu alvo preferido escondendo assim a verdadeira causa das deficiências deste serviço público. As causas encontram-se na incompetência dos “amigos” nomeados para os cargos de chefia e de gestão e nos “arranjinhos” de protecção a muitos outros amigos. Esta política de interesses partidários e económicos privados refletem-se obrigatoriamente na organização e coordenação destes serviços. Mas estes... São os amigos e, a sua incapacidade ou a razão porque foram colocados não é importante para o caso.

 

O governo PS/Sócrates, sob a capa das directrizes europeias, prepara-se ainda para implementar a FLEXIGURANÇA, que visa quase exclusivamente, a perda de direitos conquistados pelos trabalhadores com o 25 de Abril e através de muitas lutas e o livre despedimento dos trabalhadores por parte do patronato.

 

É neste quadro, que os trabalhadores são chamados a defender os seus direitos como trabalhadores e cidadãos no próximo dia 18 de Outubro na grande manifestação convocada pela central sindical CGTP-IN, por ocasião da cimeira de chefes de estado e de governo da UE em Lisboa.
 

A união de todos os trabalhadores e a disponibilidade para a defesa da sua classe, é indispensável para a obrigar este governo PS/Sócrates a inverter as políticas praticadas até aqui e impedir o avanço de novas medidas contra os trabalhadores e as classes mais desfavorecidas.

 

Nunca nada foi oferecido aos trabalhadores e ao povo. Só através da luta foi possível conquistar direitos e melhores condições de vida.

HOJE COMO ONTEM, SÓ ATRAVÉS DA LUTA PODEMOS DEFENDER OS NOSSOS DIREITOS!


NO DIA 18 DE OUTUBRO, TODOS À GRANDE MANIFESTAÇÃO DE LISBOA!!!
 

A LUTA CONTINUA!



publicado por vermelho vivo às 23:57
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De POESIA-NO-POPULAR a 3 de Outubro de 2007 às 14:48
É necessário mostrar-mos a nossa FORÇA para que ,este DESgoverno perceba , de uma vez por todas que, COM OS TRABALHADORES NÃO SE BRINCA!!!!
ESTAR NESTA MANIFESTAÇÃO É UM TRABALHO EXTRA, QUE ESTAMOS A PRESTAR A TODOS OS TRABALHADORES, PENSIONISTAS E AS REFORMAS MISERÁVEIS, E JOVENS SEM EMPREGO.
SÓ ATRAVÉS DA LUTA CONSEGUIREMOS,OBRIGAR ESTE DESgoverno A PRATICAR O VERDADEIRO SOCIALISMO QUE HÁ MUITOS ANOS O OUTRO GUARDOU NA GAVETA.
ESTA MANIFESTAÇÃO PODE E DEVE TRAZER MAIS VALIS PARA OS TRABALHADORES...NÃO FALTEM
LÁ NOS ENCONTRAREMOS
A LUTA CONTINUA!!!!!
josé manangão


De gr-gr a 7 de Outubro de 2007 às 23:55
Vai ser uma GRANDE Manifestação!
Tantos já estão inscritos e muitos outros virão.
Isto vai, camaradas. Isto vai!

GR


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo