"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Quarta-feira, 3 de Janeiro de 2007
A admirável civilização ocidental

Por mais que isto pareça um paradoxo, os poderes mundiais permitiram que um criminoso pudesse ditar a humilhação e o enforcamento de outro criminoso.
Pois é... Em pleno século XXI acontecem coisas destas e ainda tentam fazer-me crer que o mundo caminha para uma civilização cada vez mais moderna.

Não me vou debruçar sequer sobre os crimes cometidos por Saddam ao longo do seu reinado de tirania, sabendo que entre outros crimes horrendos, milhares de pessoas que como eu, defendem uma sociedade mais justa e mais igual, foram as primeiras vitimas. Os comunistas iraquianos eram enforcados em postes eléctricos, para que o exemplo ficasse presente nos outros cidadãos.
Mas branquear a pena de morte e uma execução humilhante como a que assisti nas imagens da TV, seria sentir-me semelhante àqueles que condeno, semelhante àqueles contra os quais luto.

Atrevo-me a dizer que Saddam Hussein teve mais dignidade enquanto vencido do que Bush enquanto suposto vencedor.

Os lideres mundiais que aplaudiram e outros que acataram a decisão das marionetas americanas no Iraque de condenar Saddam ao enforcamento, tem nas mãos o mesmo sangue que mancha as mãos de Bush e são tão criminosos como este, pois permitiram que os métodos usados fossem os mesmos que hipócritamente condenam diáriamente. G. W. Bush usou o mesmo método que Saddam Hussein teria usado se as posições de ambos fossem invertidas. E como dizia António Pina no “JN” “também Saddam poderia ter acusado Bush (e os seus cúmplices da Cimeira das Lajes, incluindo o actual presidente da Comissão Europeia, que agora condena hipocritamente a execução) de crimes contra a humanidade, de bombardeamentos indiscriminados de civis e da morte cruel de homens, mulheres e crianças inocentes, numa guerra desencadeada a pretexto de gigantescas mentiras como a das armas de destruição maciça ou a do envolvimento de Saddam com a al-Qaeda.”

É obrigatório que nos perguntemos:
Qual é diferença entre a justiça de Saddam e a que foi utilizada pelos EUA?
Então o ocidente é que tem a sociedade mais civilizada? E diferenciamo-nos dos outros em quê, afinal?
Na exploração subtil do homem pelo homem?
Na condenação e morte do homem por outro homem?
Na capacidade de provocar um genocídio com milhões de vitimas e deixar os responsáveis impunes como se tudo fizesse parte do inevitável?
Na capacidade de branquear bombardeamentos indiscriminados de civis e a morte cruel de homens, mulheres e crianças inocentes?

Será esta a minha civilização?   Decididamente não é!!!

Saddam estava condenado ainda antes de ser julgado. Os EUA já tinham ditado a sua sentença, e a farsa exibida ao longo do julgamento apenas serviu para tentar enganar os cegos e os que não cendo cegos fecham os olhos para não ver.

Acredito que a história acabará por julgar este outro criminoso que, com argumentos mentirosos está a provocar um genocídio e uma catástrofe humana muito maior que a de Saddam, mas é imperioso que a sociedade mundial seja capaz de encontrar formas de levar G. W. Bush a julgamento e fazer-lo pagar também pelos crimes cometidos no Iraque e no Afeganistão. Crimes estes, cometidos no intuito exclusivo de extrair petróleo, beneficiar as empresas americanas atravéz da reconstrução de um pais destruído e dinamizar as indústrias de armamento americanas.
Parece-me demasiado benevolente que seja apenas a história a julgar uma personagem tão cruel.

O meu lado mais radical e mais revoltado diz-me que Bush merece um julgamento igual ao de Saddam, e que talvez esta seja a forma mais justa de o julgar e condenar. Mas a racionalidade diz-me que não é por aí o caminho. Mesmo ele, deve ter direito a um julgamento justo e imparcial e não um julgamento de farsa e de juizes fantoches como o que condenou Saddam (o 1.º Juiz deste julgamento foi imediatamente afastado após dizer que recusava apelidar Saddam Hussein de ditador).
Deverá ser um tribunal justo e imparcial a julgar e condenar este criminoso à pena merecida e catalogar-lo justamente como uma das mais terriveis figuras da história.

É também atravéz de uma punição justa deste criminoso nas vestes de estadista e presidente da maior potência do planeta, que poderemos ficar mais descançados e acreditar que os EUA, devido ao seu poderio bélico, não são a principal ameaça à paz no mundo, e o possível detonador de uma 3.ª guerra mundial.

Ainda a propósito, Estou convencido que os americanos ao insistirem na execução de Saddam neste dia, talvez tenham cometida a sua última humilhação aos muçulmanos, esta história terá como continuação, a futura humilhação dos próprios americanos que mais cedo ou mais tarde serão obrigados a sair do Iraque com o rabo entre as pernas, como já o fizeram na Coreia, no vietname e na Somália, carregando na costas os milhares de mortos e inválidos entre as suas forças militares, e o pesado fardo do genocídio e da catástrofe humana cometidos injustamente, criminosamente e de forma inconsequente.



publicado por vermelho vivo às 12:00
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De CJ a 3 de Janeiro de 2007 às 16:10
Tou de acordo contigo, os EUA não tem os minimos de dignidade para julgar ninguem quando eles, são os primeiros a provocar as guerras e a instabilidade em outras nações que não estão de acordo com as suas ideias.


De Ludovicus Rex a 4 de Janeiro de 2007 às 22:28
Quem mata em nome da Liberdade e da Democracia, não passa de um assassino


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo