"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Terça-feira, 4 de Março de 2008
Os servos do Poder

Desculpem-me a insistência no tema, mas não é possível ignorar tanta desfaçatez, tanta falta de vergonha e tanto desrespeito pelas regras de isenção informativa.

Tenho por aqui abordado a falta de isenção de grande parte dos órgãos de informação e sua servidão submissa aos seus donos. O mesmo é dizer, aos donos dos grandes grupos financeiros e económicos. Estes, além de imporem a sua ideologia capitalista ao mediocre governo PS/ Sócrates, tal como o vem fazendo a todos os governos de direita que nos têm governado, apostam forte no controle da comunicação social como instrumento fundamental de lavagem e difusão da sua ideologia exploratória e da inevitabilidade de o mundo ser composto por ricos (neste caso, muito ricos, riquissimos) e pobres (neste caso, aos milhões).

Essa falta de isenção é tanto mais grave porque vêm de órgãos de informação considerados de referência. Mas o Poder dominante manda, e os serviçais cumprem.

Não necessito de mais provas do que aquelas que todos os dias, através das abordagens inviezadas de vários acontecimentos portugueses e mundiais que estes órgãos de comunicação social fazem questão de transmitir ou da escolha criteriosa dos directores e fazedores de opinião que estes grupos económicos detentores da imprensa procedem, para saber que a sua isenção informativa é uma balela.

Enquanto me lembrar que o director deste jornal, José Manuel Fernandes, chorou ao ver na TV as imagens dos milhares de iraquianos derrubando a estátua de Saddam Hussein (na versão dele próprio) e que na minha televisão o que apareceu foram os militares americanos a derrubar essa mesma estátua com meia dúzia de iraquianos a assistirem, estou convencido da seriedade e rigor Jornalístico deste jornal.

Assim, mesmo não necessitando de mais provas, o Público insiste em continuar a provar aquilo que eu já sei sobejamente.

Vem isto a propósito de que este mesmo jornal/pasquim propagandista do capital, depois de ignorar ostensivamente e permanentemente a luta de massas e mais concretamente a protagonizada por 50.000 portugueses, não escrevendo uma frase que fosse na primeira página de Domingo sobre esta grandiosa manifestação, Estampa hoje na sua primeira página o anúncio da comício do PS/Sócrates.

Não, não é a notícia do comício realizado. Esse vai concerteza encher toda a primeira página. É ainda e só o anúncio desse mesmo comício.

Este tratamento desigual, fere inquestionavelmente a isenção informativa e entra na esfera da pouca vergonha, do desrespeito pelos partidos políticos e em particular dos militantes Comunistas.

Este tratamento desigual, é uma afronta a todos aqueles que acreditam que a comunicação é um instrumento incontornável do exercício da democracia.

Este estilo mais me faz lembrar inúmeras histórias que li sobre um passado recente deste país, entre elas uma manifestação de apoio quando da chegada de Marcelo Caetano de uma visita à Inglaterra, onde tinha sido alvo de forte contestação nas ruas.

Também nesse tempo, a comunicação social dominante fazia primeiro a propaganda, depois a cobertura apoteótica da acção.

Também nesse tempo, as acções de protesto populares eram desvalorizadas na comunicação social e os comunistas apelidados de agentes da Rússia comunista e de terroristas.

Também nesse tempo, se tentava fazer passar a mensagem de que os comunistas eram apenas meia dúzia de insurrectos que perturbavam constantemente a ordem pública.

Semelhanças, apenas...

 

Aqui fica a primeira página de hoje, Terça-feira. Comparem-na com a de Domingo e tirem as vossas ilações.

 



publicado por vermelho vivo às 18:55
link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De gr-gr a 4 de Março de 2008 às 23:26
Magnifica análise!

Eles estão ao serviço do dono! A sua consciência é de quem lhes pagar mais.
Revolta-me esta situação que já não é só manipulação, mas CENSURA!

Já agora.
Quando entrei em Lisboa vi muita publicidade com a carangona do Salazar!
Não consegui ler, publicidade a um livro? Revista? pouco importa agora quando chega Abril, nas ruas vemos o Salazar!
Nada se faz por acaso!

GR


De caoraivosoviladasaves a 5 de Março de 2008 às 13:34
Estes jornais de agora fazem ao PCP, exactamente aquilo que faziam no tempo do "Estado Novo"


De fernando samuel a 5 de Março de 2008 às 17:24
Magnífico post.
E, repara, o que dizes sobre o Público pode ser dito sobre a imensa maioria dos média nacionais.
Quando falamos dos resultados eleitorais - e da esmagadora maioria de eleitores que «ainda» vota nos partidos da política de direita - talvez percebamos melhor esse fenómeno se pensarmos no papel que tem, na influenciação do voto, a comuincação (dita) social - que, nunca o esqueçamos é propriedade do grande capital.
Um abraço amigo


De POESIA-NO-POPULAR a 6 de Março de 2008 às 00:18
São piores que no tempo da censura!
Agora podem ser democratas, mas não querem, preferem ser vóz do dono!
Felicito-te camarada pelo post!
Abraço
José Manangão


De Nuno Góis a 6 de Março de 2008 às 05:19
Nada a acrescentar. O problema deles é que mesmo assim não nos conseguem tirar força, se não, veja-se o exemplo de Socrates a fazer um esforço brutal para ver se junta 7000 num comício...


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo