"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Quinta-feira, 24 de Abril de 2008
24 de Abril de 1974

34 anos depois...

Era uma vez um país chamado Portugal que no dia 24 de Abril de 1974, vivia sob uma ditadura fascista e obscurantista, opressiva e repressiva. Não havia liberdade de expressão, a censura impunha o que a imprensa podia ou não publicar.

A PIDE exercia a sua lei sem dó nem piedade. As cadeias de Peniche, Caxias, Custóias, entre outras, estavam cheias de homens que cometiam o crime de se oporem ao regime fascista vigente e lutarem corajosamente pela sua liberdade e do seu povo. Estes presos eram submetidos a interrogatórios com métodos desumanos, espancamentos, torturas psicológicas, isolamentos...

Os caciques locais amigos do regime, eram os senhores poderosos, os "bufos" faziam carreira. Os cidadãos não podiam dizer o que queriam ou o que pensavam livremente sob pena de alguns destes "bufos" os ouvirem e denunciarem.

O regime apostava na ignorância do povo. Os niveis de analfabetismo e iliteracia eram enormes.

Recordo-me do que me dizia o meu pai: "Para o ditador de Santa Combadão, quanto mais burro fosse o povo, mais fácil era de dominar."

A sociedade estava dividida em dois patamares. Os senhores do regime e os seus amigos num lado, e o povo que era explorado e amordaçado no outro.

Este regime mantinha uma guerra ultramarina estúpida e sem sentido que, além de obrigar os seus jovens a combaterem, morrerem e adquirirem traumas para o resto das suas vidas, negava o direito de auto-determinação e soberania aos povos africanos, mantendo as colónias sob um domínio exercido pela força.

A Igreja colaborava com o regime, branqueava e abençoava todas as atrocidades e atropelos à dignidade humana que se abatiam sobre este povo e apoiava a guerra estúdida e sem sentido que se travava em África.

Ou seja, em 24 de Abril de 1974, Portugal através de uma santa aliança entre a igreja e o fascismo, vivia debaixo de uma ditadura fascista que se sustentava através da miséria, da ignorância, da opressão e da repressão. Tinha como intrumento de controle, segurança e manutenção deste status, a PIDE.

Mas na noite de 24 para 25 de Abril, tudo se alterou.

Na noite de 24 de Abril de 1974, pelas 22,55 horas,  é transmitida a canção " E depois do Adeus ", pelos Emissores Associados de Lisboa.

Esta senha dava ínicio às operações militares contra o regime de ditadura fascista em vigor há 48 anos.

Pelas 00,20 horas do dia 25 de Abril, a canção "Grândola Vila Morena" de José Afonso, é transmitida no programa "Limite" da Rádio Renancença.

A transmissão desta canção é a senha indicadora de que as operações militares já estão em marcha e são irreversíveis.

Estava em curso a Revolução que derrubaria a ditadura fascista que acorrentou e reprimiu o povo português durante 48 longos e negros anos.

 



publicado por vermelho vivo às 18:29
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De António Ferrão a 24 de Abril de 2008 às 22:55
As minhas felicitações por ocasião desta data tão significativa.
Um grande abraço


De António Luis Carvalho a 28 de Maio de 2009 às 23:01
A Revolução de 25 de Abril de 1974 foi um dia histórico que perdurará para sempre na memória do nosso povo, que bastante sofreu durante 48 anos da mais longa noite fasciista da nossa história. Muitos homens deram a sua própria vida para que ABRIL florice em 1974. Foi decretado o salário mínimo nacional; 30 dias de férias e o correspondente subsídio assim como o subsídio de Natal. Como é possível ainda hoje existir gente com tanta falta de memória?!!! Só revelam pura e simplesmente: ATRÒS IGNORÂNCIA. Precisamente ao contrário do que diz a canção do saudoso Adriiano Correia de Oliveira: "CANTEMOS, OUVIMOS E LEMOS NÃO DEVEMOS IGNORAR". Carvalho


De J.F a 27 de Abril de 2015 às 16:08
Fico siderado, com o que se diz acerca do 25 de Abril. A verdade histórica, é que o estado providência, foi implementado, pelo governo de Marcello Caetano. Foi esse governo, que instituiu o acesso aos médicos de família. Foi, nesse governo, que a escolaridade obrigatória foi alargada para o 6.º ano de escolaridade. Foi efetivamente o Prof. Marcello caetano, que reformou a legislação do trabalho, tanto mais que essa legislação subsistiu até ao código do trabalho. Foi com este governante que os funcionários públicos tiveram direito a ADSE, e tiveram um significativo aumento salarial em 1969. Indubitavelmente, houve um significativo progresso material dos trabalhadores. Evidentemente que existia a PIDE, que espancava e torturava, mas em Cuba, também se espanca e tortura, ou na União soviética e a Coreia do Norte. Portanto, concluo pela benignidade do regime marcelista. A independência das colónia, urgia, porque os nossos camaradas, tinham nas de as submeter ao imperialismo soviético.
Enfim, o comunismo, seguramente, foi e ( é), mais torcionário que o salazarismo/marcelismo.
Afinal o camarada cunhal, teve u7ma excelente nota na sua licenciatura em direito, porquanto o prof. Marcello caetano, se deslocou ao presídio para o, examinar. Será que em Cuba, ou na Coreia do Norte, um opositort, poderá se licenciar?


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo