"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Sexta-feira, 9 de Maio de 2008
Olhos postos na Irlanda

"Se por infelicidade houvesse um não na Irlanda, o processo pararia. Não há um plano B. Voltaríamos ao Tratado de Nice. Seria um recuo para a Europa (...) "Não devemos iludir-nos, seria uma paragem para a Irlanda e para a construção europeia"

Quem o afirma é Jean-Pierre Jouyet, secretário de Estado francês para os Assuntos Europeus.

A Irlanda é o único país europeu que vai permitir - por imperativo constitucional - que os seus cidadãos decidam se querem ou não o Tratado Lisboa.

As sondagens começam a preocupar os  pequenos ditadores europeus que querem a todo o custo impôr a sua ideologia neoliberal nas costas dos cidadãos da europa.

O NÃO (31%) começa a ganhar terreno e a aproximar-se perigosamente do SIM (35%). Apenas uma diferença de 4% separa neste momento o NÃO do SIM, com 34% de indecisos.

Está-se mesmo a ver que todas as pressões, manipulações, e outras malabarices vão ser utilizadas para que os Irlandeses não façam abortar a grande golpada idealizada pelos democráticos líderes europeus, de obrigarem os cidadãos terem uma constituição europeia à sua maneira (deles) e à medida do capital, mesmo que com ela não concordem.

Assim, já começou o jogo:

Tentando manipular o referendo, a União Europeia suspendeu todos os processos em curso que possam desagradar aos eleitores irlandeses.

Segundo o El Pais de 5 de Maio, a UE já adoptou medidas que respondem a reivindicações sectoriais: o adiamento da harmonização fiscal, o aumento dos entraves às importações de carne extra-comunitária, o adiamento da reforma orçamental comunitária e o protelamento do relatório sobre os símbolos da Europa.
A Comissão deu ainda ordens às autoridades sanitárias para não molestarem os criadores irlandeses e reforçaram as restrições à entrada de carne originária do Brasil, medida que favorece em especial os produtores irlandeses.

Mas haverá mais concerteza...

Em contraste com as preocupações dos ditadorzinhos europeus, para a maior parte dos cidadãos europeus, reside na Irlanda a esperança de que o povo seja quem mais ordene e que possam travar democráticamente a grande golpada. A Vitória do NÃO Irlandês, será a vitória de milhões e milhões de europeus  - entre os quais nós, portugueses - a quem foi negado direito de discutir e decidir sobre o Tratado Lisboa.



publicado por vermelho vivo às 00:11
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Samuel a 9 de Maio de 2008 às 12:30
Um não irlandês seria genial.
Entretanto vou pondo a tocar alguns CDs de boa música da Irlanda que tenho por aí... para ir criando o clima :)))


De POESIA-NO-POPULAR a 10 de Maio de 2008 às 10:40
Eu pasmo ao pensar, como foi possível desenvolver-se esta cója de dditadorzinhos Europeus, que através de eleições pertensamente democráticas, com toda a imprensa manipolando a opinião publica, como que anesteziando os cidadãos, e convencendo-os da inevitabilidade destas políticas, que servem apenas os poderosos.
Manangão


De fernando samuel a 11 de Maio de 2008 às 17:15
Que os irlandeses nos dêm essa «infelicidade» é o que eu desejo...


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo