"Quem luta, nem sempre ganha, mas quem não luta, perde sempre!"

 
Sábado, 14 de Junho de 2008
Já tinha saudades...

Por razões de vida pessoal que para aqui nada interessam, nada se tem passado neste blog ao longo das últimas semanas.

Embora nada se tenha passado por aqui, a verdade é que não têm faltado motivos de interesse, de reflexão e análise quer a nível local, nacional ou internacional.
Seria um exercício fora de tempo se tentasse trazer agora até aqui os vários acontecimentos e ocorrências destas semanas. No entanto, pela sua importância, não sou capaz de deixar passar em claro alguns desses acontecimentos.
Assim, cá vai:

 

• Aqui pela nossa vila, começaram as Festas da Vila e S. Pedro.
Já está em cena o acto n.º V - III enquanto presidente da junta - da sessão de propaganda eleitoral de Constantino Veiga. Na ausência do cumprimento das promessas eleitorais, na tentativa de branqueamento das trapalhadas e desvarios do actual executivo unipessoal da junta, perante uma governação que tem dado mostras claras de inoperância, incapacidade e falta de estratégia, Constantino Veiga com um PSD/Taipas a reboque e um PSD/Guimarães sem saber o que fazer ou como proceder com  o actual presidente da junta de Caldelas, aposta nas festas como poção mágica e milagrosa para continuar a iludir os mais distraídos.

O arranjo do centro da vila continua por fazer, a rua Bento Ribeiro Salgado continua sem passeios que permitam uma maior segurança às pessoas que por lá passam, a prometida recuperação e chafariz da praça J. Antunes Guimarães não existe, o prometido apoio para a recuperação do auditório dos Bombeiros não se vê, a necessária dinamização cultural da vila anda perdida por algures... No entanto poderemos ver o Quim Barreiros como já vimos o José Cid, o Paulo Gonzo... O Sr. Presidente sabe bem quanto vale a visibilidade da organização de umas festas da vila à grande e quanto isso pode valer em votos.

 

• Jerónimo de Sousa visitou o Vale do Ave, contactou com a população local, inteirou-se da realidade e das dificuldades actuais vividas na região. Esta visita organizada pela Comissão Concelhia de Guimarães do PCP terminou com um comício no jardim da Alameda em Guimarães. Um comício com uma participação enorme, talvez o maior comício realizado nesta cidade nos últimos anos com mais de 1.000 pessoas presentes.

Jerónimo de Sousa na sua intervenção apontou de forma clara as razões da actual situação local e nacional  e alternativas para um futuro diferente, salientando que esta situação de crise não é uma inevitabilidade. Antes é uma consequência das políticas seguidas pelo PS/Sócrates e pelos anteriores governos PSD/PP e que existem políticas alternativas que podem inverter esta situação.

Nesta visita ficou bem patente a servidão da comunicação social ao governo e ao grande capital e o boicote destes às acções do PCP. Depois de informados detalhadamente da visita e horários programados, os média nacionais simplesmente ignoraram a visita, nomeadamente o grande comício onde ficou demonstrada a insatisfação das gentes do Vale do Ave e a sua abertura às propostas do PCP. Mas enfim, nós sabemos que não convém informar o resto do país da pobreza que se vive no Vale do Ave como consequência das políticas desastrosas do governo Sócrates ou que o PCP juntou mais de 1.000 pessoas num comício em Guimarães. É preferível dar destaque a Alegres esquerdas blá blá e a anúncios de medidas inconsequentes de José Sócrates.

Eles sabem, e sabem muito bem, que a verdadeira esquerda, a que incomoda o governo e o capital é o PCP.
E sabem, e sabem muito bem, que a outra esquerda, a Alegre, é uma esquerda útil ao poder dominante. Fala em convergência à esquerda mas nem a principal força de esquerda, o PCP, convidaram para a Alegre iniciativa. E que um dos Alegres e principais participantes fala, fala, fala... Mas apenas por  conveniência política. Assim faz parecer que o actual PS ainda mantém a consciência de esquerda. Só que depois... Vota tudo a favor no parlamento e ainda diz que voltará a votar em Sócrates. Mas então para quê tantas palavras? E ainda à quem se arrogue de esquerda e lhe dê tempo de antena. Mas nós somos todos burros é?
 

• A CGTP-IN juntou em Lisboa 250.000 trabalhadores e descontentes com as politicas deste governo. Esta foi a maior manifestação do Portugal democrático contra uma proposta laboral e políticas praticadas por um governo.

Sócrates afirmou que o protesto destes milhares de portugueses não lhe dizem nada e que a proposta do governo vai avançar na mesma. Nós sabemos que isto é fruto do autismo e desnorte do governo. Sabemos que a queda destes figurões que têm governado os interesses do capital e desgovernado o povo português é cada vez mais inevitável. Já não há sondagens ou marketings que os salvem. E eles também pressentem o mesmo. Primeiro era o défice público, agora a conjectura internacional e depois o que será? O povo está farto de mentiras. Portugal e a Europa estão na situação que estão porque a maioria dos governos  europeus se baseiam na mesma cartilha política para governar.

Eles, com as suas políticas direccionadas para os benefícios do sector financeiro privado e dos grandes grupos económicos, com a privatização de tudo o que pode render lucros ao amigos capitalistas, são os grandes reponsáveis pela situação que se vive. Já só não percebe isso que não quer perceber.

A luta continua a ser o único caminho a percorrer. E a luta de massas continua crescer!
 

• O Blog do PCP/TAIPAS anuncia a realização da 3.ª Festa da Fraternidade para Agosto.
É uma boa notícia. A iniciativa politico-cultural realizada pelos Comunistas das Taipas já tem créditos firmados na região. A sua continuidade é também a demonstração do dinamismo e capacidade empreendedora do PCP/TAIPAS.

 

• A selecção nacional realizou dois excelentes jogos no europeu. As esperanças de uma prestação histórica aumentam.

A parte negativa da coisa: É uma selecção nacional com um treinador e dois jogadores brasileiros. Há quem concorde. A mim custa-me um pouco. Para representar a selecção nacional, ou é mesmo português ou não! Não sou um adepto da tese: "todos os meios valem para atingir os fins".

O histerismo criado pelos média à volta desta participação. Chega a ser incomodativo tanto circo e tanto aparato. Mas pronto! há que entreter o povo.
 

• Finalmente, o histórico dia de ontem. O povo Irlandês deu uma grande lição aos pobres ditadorzecos que ocupam os governos europeus actualmente.

O povo Irlandês ao dizer NÃO ao tratado “porreiro pá!” Deixou evidente aquilo que todos nós já sabiamos: se o tratado fosse discutido e devidamente conhecido dos cidadãos e só depois referendado, seria rotundamente chumbado!
Este tratado era uma burla. Com base neste conhecimento, os burlões, com Sócrates à cabeça, tentaram impô-lo através de um golpe sujo e anti-democrático ao povo.

Os Irlandeses devolveram assim a democracia a todos aqueles a quem foi sonegada a liberdade de se pronunciar sobre uma constituição que iria interferir inevitávelmente nas suas vidas.
O tratado “porreiro pá!” Transformou-se assim numa “que chatice pá!”. E se esta gente não andasse na política apenas por interesses e ao serviço de uns quantos, depois de ter escomoteado deliberadamente o direito democrático aos cidadãos de decidir sobre o seu futuro tentando trapassá-los com uma burla a que chamaram pomposamente Tratado Lisboa e perante esta estrondosa derrota que desmontou toda a burla e demonstrou que se o tratado tivesse sido referendado noutros países corria sério risco de ser também rejeitado, se esta gente tivesse dignidade e vergonha (que são coisas que não conhecem) só tinham um caminho: demitiam-se!

 

É homenageando os Irlandeses pelo seu feito histórico e pela alegria que me proporcionaram que coloco este vídeo com duas das melhores e mais conceituadas bandas de musica tradicional irlandesa. Duas bandas que já tive o prazer de ver ao vivo.

Os Pogues na sua passagem por Braga no longínquo ano de 1993, com uma actuação memorável no velho Teatro Circo.

Os Dubliners, vi-os à uns dois ou três anos na Festa do Avante. Excelentes!

Não aparece no vídeo, mas é mais que justo que lembre aqui o ex-Clash Joe Strummer, que se juntou ao Pogues durante alguns anos, participou inclusive no concerto de Braga. Também para ele, um rebelde assumidadmente de esquerda e grande defensor de valores de liberdade e cidadania, este seria de certeza um motivo de muita satisfação.

 



publicado por vermelho vivo às 23:52
link do post | comentar | favorito

6 comentários:
De gr-gr a 15 de Junho de 2008 às 18:32
Parabéns!
Tomara os jornais (mais não são que pasquins), escrevessem como tu.
Excelente alinhamento,
Notícias regionais, nacionais e internacionais, desporto e ainda um bom momento musical. Nada falta.
Ficamos a saber o que nos esconde a direita PS.
É pena que o dinheiro seja canalizado, para tudo menos para obras tão necessárias.
Depois...sempre a mesma música. O da minha terrinha é PS e os mesmos a cantar, sem nada dizerem. Durante todo o verão, os emigrantes aparecem aos milhares e mais não levam que anti cultura. Pelo menos também podiam contratar outros, para além destes.
O Partido – PCP, tem grande preocupação com a situação tão degradante do Vale do Ave. Foi um grande comício!
250 mil tantos, tantos! Só o Mentiroso, não se importou (mais uma mentira).
Quanto ao NÃO! a Irlanda está de parabéns, votaram por eles e por nós!
Mas “eles” vão-se vingar! A ditadura não permite, “transgressões” (para eles).

Vou ouvir “The Dubliners” penso que já os ouvi na FA, mais vezes.

Após esta interrupção, chegaste em força,

Um bj,

GR


De Samuel a 16 de Junho de 2008 às 01:55
Bom post!
Chegamos portanto a duas importantes conclusões:
A primeira é que a luta tem de continuar!
A segunda, que tens de postar com mais regularidade... senão depois é esta "cansêra" :)

Abraço


De Magnolia a 16 de Junho de 2008 às 09:25
Um retorno em grande com este excelente post. Concordo com a gr. Quem dera a muitos "jornalistazecos" desses pasquins da nossa praça, escrevessem como tu e, principalmente, soubessem escrever sobre problemas e questões tão importantes para todos, como estas que aqui apresentas.
De novo, bom regresso.
Bjs


De subterraneodaliberdade a 16 de Junho de 2008 às 20:27
Camarada Rogério ,

Bom Post , bem estruturado começas com abordagem dos problemas locais (muito importante e quase sempre esquecidos nos blogs), passas à abordagem nacional e terminas com a internacional.

Salientas de forma precisa o caminho da luta e quem , realmente, combate as políticas erradas que têm prejudicado os interesses do povo português.

Parabens

PS: Tal como tu também estou pouco ausente no blog, mas estamos presentes na luta que é muito mais importante.

Um Grande Abraço Camarada

Mário


De POESIA-NO-POPULAR a 16 de Junho de 2008 às 22:39
Bem vindo á luta, camarada Rogério!
O post que apresentas, é prova de que , não estiveste distraído, mas sim muito ocupado, recomheço que a luta aí no norte é mais difícil, por conseguinte mais trabalhosa, felizmente que o trabalho não nos assusta.
Parabens pelos argumentos e as críticas que fazes, tens a minha solidariedade, se ela te fôr útil.
Forte abraço camarada
A luta é o caminho!


De vermelho vivo a 17 de Junho de 2008 às 00:20
GR:
O PS e o PSD são como duas rodas na mesma bicicleta. Pode trocar-se a da frente para trás e vice versa, que o resultado é o mesmo. Assim, não admira que também nas autarquias os métodos utilizados sejam semelhantes, independentemente de serem autárcas do PS ou do PSD. Infelizmente as populações ainda têm alguma dificuldade em perceber isto.

Samuel:
Sem dúvida!
A luta tem de continuar, e vai continuar! Cada vez com mais força e mais participação.

Magnólia:
Para os pasquins da nossa praça os únicos motivos de preocupação prendem-se com a saída de Scolari para o Chelsea, ou se vai jogar o Deco ou o... e são estas as preocupações que eles querem que nós também tenhamos.
Curiosamente, já os Romanos utilizavam a estratégia do pão e circo para desviar a atenção do povo do essencial.

Mário:
Ai está! Podemos estar temporáriamente mais ausentes do blog, mas nunca da luta persistente e permanente que travamos.

Manangão:
Talvez a luta aqui no norte seja mais dificil, mas nós comunistas transformamos as dificuldades em forças.
Sabemos que a razão está connosco e não há maior força que esta.

Obrigado a todos, com um grande abraço de amizade e camaradagem.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

Resistir!

Demissão!

A frase do dia

Festa da Fraternidade 201...

A Voz que Conta!

Fascismo. Cuidado eles an...

Ai Crato. Ai, Ai...

Álvaro Cunhal

O 10 de Junho

semelhanças...

arquivos

Outubro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Os meus hinos

 

 

 
Melhores adeptos do mundo